Atraso da PM para abertura dos portões incomoda Botafogo-PB - Portal Cabuloso

Últimas

terça-feira, 4 de fevereiro de 2020

Atraso da PM para abertura dos portões incomoda Botafogo-PB

O confronto entre o Botafogo-PB e o Confiança-SE pela Copa do Nordeste, no último sábado (01), no estádio Almeidão, não terminou como o torcedor gostaria, após o empate por 1 a 1.

Mas, se os botaofoguenses voltaram insatisfeitos para casa, também passaram por momentos de aborrecimento antes do início da partida, problema que se deu por conta demora para abertura do portões do estádio por parte da Polícia Militar.

Foram relatados atrasos tanto dos sócios na arquibancada Sombra quanto das cadeiras, sendo apenas possível a entrada dos torcedores com menos de 30 minutos para o início do jogo. Nesse momento já se formavam longas filas nessas catracas, deixando os adeptos impacientes.

A situação vem incomodando a diretoria do Botafogo-PB, que relata uma demora constante por parte da polícia para realizar a abertura das entradas da praça esportiva. Solicitando o incío do processo de entrada dos torcedores para duas horas antes do começo do jogo, o clube vê constantemente os portões sendo abertos apenas faltando 40 minutos para a bola rolar.

Atrasos como esse acabam afetando o bem-estar daqueles que se fazem presente para acompanhar a partida, pois não acabam tendo o tempo ideal para encontrar seu lugar e aguardar com calma o começo do confronto. Como efeito de comparação, a FIFA tem como padrão para as suas competições 3h horas de antecedência.

O Estatuto do Torcedor não cobra horário máximo para a abertura do estádio, mas exige que a entidade desportiva responsável pela partida informe aos órgãos de segurança o horário solicitado para o ingresso da torcida nas dependências.

Ao questionar o Comando da PM a respeito, um diretor do clube relatou que o órgão faz “ouvido de mercador”, e o problema se prolonga de um joga a outro, além de estar piorando com o tempo. O dirigente lamentou que, apesar de todo o esforço por parte da diretoria para atender bem os sócios e demais torcedores, o problema ocorra e acabe respingando no clube.

Já em relação ao atraso no último jogo, o Comando do Policiamento Regional Metropolitano relata que foi um problema pontual rapidamente contornado, garantindo que medidas foram adotadas para que não se repita.

Por conta da demora, a apresentação de Léo Moura, que aconteceria antes do jogo, teve que ser adiado para o intervalo, com a torcida impaciente por conta da má atuação do Belo na primeira etapa.

Diário da Paraíba com Voz da Torcida

Nenhum comentário: