ASSISTA: Barraco na ONU: Jean Wyllys e embaixadora brasileira discutem durante reunião em Genebra - Portal Cabuloso

Últimas

sexta-feira, 15 de março de 2019

ASSISTA: Barraco na ONU: Jean Wyllys e embaixadora brasileira discutem durante reunião em Genebra

Uma confusão tomou conta da reunião da ONU (Organização das Nações Unidos), nesta sexta-feira (15). A diplomata brasileira Maria Nazareth Farani Azevedo e o ex-deputado federal Jean Wyllys discutiram durante o evento. Segundo o jornalista Jamil Chade, a embaixadora se retirou da sala e se recusou a ouvir resposta do ex-parlamentar, que participava da mesa de discussão. "Barraco na ONU promovido pela embaixadora do Brasil que se recusou a ouvir a resposta de Jean Wyllys", escreveu o jornalista ao divulgar o vídeo no Twitter.

Wyllys criticou a postura antidemocrática de Maria Nazareth e denunciou a ligação da família Bolsonaro com milicianos investigados pela morte de Marielle Franco. A representante brasileira saiu da sala gritando que a presença do ex-parlamentar na ONU “envergonha o Brasil”.

“Senhora embaixadora, ouça a minha resposta. (…) O fato da senhora ter saído do seu lugar e vir com discurso pronto para essa sala é sintoma mesmo de que minha presença aqui amedronta a senhora e o seu governo, que não tem compromisso com a democracia”, disparou Wyllys.

“Sobretudo no momento em que a imprensa revela ligações entre organizações criminosas, os assassinos de Marielle Franco e a família do presidente da República”, acrescentou o ex-deputado.

“A sua presença aqui envergonha o Brasil”, disse, a diplomata, antes de abandonar a reunião.

“Outra questão importante é que ele faz elogio e apologia à tortura. A tortura é um crime que lesa a humanidade, não deveríamos tolerar em hipótese alguma, sobretudo em governos que se auto-proclamam democráticos. Obrigada.”

Após o término de sua fala que se deu durante o episódio, Jean foi aplaudido por todos os diplomatas e embaixadores internacionais que representavam diversos países no evento.



Clickpb

7 comentários:

Unknown disse...

Jean W. É um verme e precisa ser exterminado. Covarde

Unknown disse...

Essa aí tem bola, no meio da ONU e vai falar de regimes de direita.

Unknown disse...

Por trás dessas pessipe existem uma facção se assim podemos chamar, querendo destruir ao máximo a reputação do Brasil em outros países, causar instabilidade para assumir o poder, abra os olhos Brasil O Pt, PSOL entre outros partidos brasileiros são corruptos, nao sou Bolsonaro mas dos que se elegeram a Presidente até agora está satisfazendo com excelência as necessidades do país e com o tempo irá melhorar!

Unknown disse...

Ela so falou a verdade.

Unknown disse...

Covarde, não consegue encarar o presidente de frente,então ataca pelos flancos porque sabe que lá ele não estaria, típico de um bosta que é.

Anônimo disse...

Um filho da pta desses vai pra fora do país com a maior cara de coitado colocando a imagem de que eles são os pilares da democracia, mas imaginam os gringos tudo que essa corja imunda fez aqui com o povo. O pior que é a image que eles tem é essa, pq lá fora a esquerda é diferente do que é aqui especialmente nos USA, então em países decadentes como nosso a direita soa como uma coreia do norte. É uma vergonha um ser abjeto desses ser representante de uma nação como a nossa que merecia muito mais. Abram o olho galera, lá fora somos vistos como uma ditadura, não é pq Trump é lider de um pais como USA que o brasil ter uma direita é a mesma coisa!

Anônimo disse...

Jean Wyllys um verdadeiro BOSTA. E ainda tem quem dê ouvidos a essa aberração Bostética. Só fala merda e conseguiu provar através da Globolixo que no Brasil é o único país que Lombriga quando sai da merda não morre.