banner câmera


Policial Civil morre com suspeita de coronavírus no Hospital Metropolitano

O policial civil Edmilson Freitas, 57 anos, mais conhecido por Freitas, veio a óbito na tarde desta quarta-feira, dia 06, por volta das 14h00, quando estava internado no Hospital Metropolitano Dom Maria José Pires, em Santa Rita (PB). Ele trabalhava na Delegacia de Polícia Civil da cidade de Patos e fez grandes amizades durante os vários anos de serviços na região.
.
Edmílson Freitas deixa três filhos e uma viúva. Eridan Freitas, irmã do policial civil, ainda inconsolável, disse que a família está arrasada a perda irreparável. A irmã confirmou que Edmílson estava acometido pelo novo coronavírus, COVID – 19. “Ele era o pilar da nossa família! Os filhos o amavam e nem sei como vou contar para minha mãe que é idosa…”, relatou Eridan.
.
Colegas de trabalho fizeram contato com a reportagem e estão profundamente abatidos com a notícia trágica. Os policiais civis, durante todo o tempo, mantiveram a esperança e acreditavam que Edimilson Freitas iria vencer a batalha mais dura da sua vida.

Patos Online

Postar um comentário

0 Comentários