Lamborghini Huracán de R$ 1,6 milhão fica embaixo d'água em São Paulo - Portal Cabuloso

Últimas

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2020

Lamborghini Huracán de R$ 1,6 milhão fica embaixo d'água em São Paulo

As chuvas que ainda caem em São Paulo provocaram um prejuízo gigantesco em um estacionamento subterrâneo na zona oeste da capital paulista. Em vídeos e fotos que circulam nas redes sociais é possível ver um Lamborghini Huracán 2015 com metade de sua carroceria submersa pelas águas. magens feitas horas antes mostram que o modelo, avaliado em mais de R$ 1,6 milhão, estava estacionado em um restaurante na noite de domingo. Não é possível avaliar o tamanho do prejuízo, mas, segundo Matteo Petriccione Jr., proprietário da oficina A.M. Marcelo, existe a possibilidade de o esportivo ser reparado. "Se o veículo ainda não entrou em curto circuito, a probabilidade de dar perda total, é muito baixa, mas neste caso em específico, é necessário saber até onde a água da enchente chegou e o que foi danificado internamente para ter uma precisão", afirmou.
Lamborghini Huracan Alagado (Foto: Reprodução)
As chuvas que ainda caem em São Paulo provocaram um prejuízo gigantesco em um estacionamento subterrâneo na zona oeste da capital paulista.
Lamborghini Huracan (Foto: Reprodução)
Em vídeos e fotos que circulam nas redes sociais é possível ver um Lamborghini Huracán 2015 com metade de sua carroceria submersa pelas águas.
Estacionamento Veículos Alagados (Foto: Reprodução)
Imagens feitas horas antes mostram que o modelo, avaliado em mais de R$ 1,6 milhão, estava estacionado em um restaurante na noite de domingo. Não é possível avaliar o tamanho do prejuízo, mas, segundo Matteo Petriccione Jr., proprietário da oficina A.M. Marcelo, existe a possibilidade de o esportivo ser reparado. "Se o veículo ainda não entrou em curto circuito, a probabilidade de dar perda total, é muito baixa, mas neste caso em específico, é necessário saber até onde a água da enchente chegou e o que foi danificado internamente para ter uma precisão", afirmou. Mas o especialista antecipa que o conserto pode custar mais que um SUV de luxo. "O reparo custaria de 20% até 50% do valor total do carro. Além disso, é preciso levar em consideração a questão da importação das peças que serão substituídas, os impostos e, principalmente, a demora", conclui. Vídeos mostram que a garagem estava lotada com veículos, quase todos também parcialmente submersos. Entre os modelos vistos nas filmagens há um Porsche Boxster, um Audi A4, um Volvo XC40 e um Mercedes-Benz GLA. Os poucos carros que se salvaram dos estragos têm altura elevada, com destaque para uma Volkswagen Amarok e um Range Rover Sport. Ainda não se sabe se o Lamborghini possuía seguro, ou se a apólice do estacionamento cobrirá os prejuízos dos proprietários.  

Nenhum comentário: