Jornalista paraibano irá lançar livro sobre Senadores do Estado - Portal Cabuloso

Últimas

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2020

Jornalista paraibano irá lançar livro sobre Senadores do Estado

O jornalista e pesquisador paraibano Josélio Carneiro está em processo de finalização do seu novo livro, o sétimo escrito por ele. A obra “Paraíba – Senadores em Cena” trará tópicos sobre nossos 66 representantes em 193 anos do Senado.

“Estamos na etapa final de coleta de dados para concluir o livro “Paraíba Senadores em Cena” nossa sétima publicação. De 1826, ano de fundação do Senado da República, aos dias atuais, a Paraíba teve 66 senadores, sendo a atual senadora Daniella Ribeiro (PP) a única mulher eleita por nosso estado”, revela ao WSCOM o jornalista Josélio Carneiro. A primeira paraibana eleita senadora, Fátima Bezerra (PT), hoje é governadora do Rio Grande do Norte. Nascida em Nova Palmeira, Sertão paraibano, elegeu-se senadora no vizinho estado em 2015. Deixou a senatória no ano de 2018 quando foi eleita governadora. Portanto, representando a Paraíba, Daniella é a primeira senadora em 193 anos do Senado.

O livro “Paraíba Senadores em Cena” não traz tudo sobre os senadores, claro, apenas cita os períodos de seus mandatos, cidades onde nasceram, alguns projetos, senadores que foram ministros, magistrados, jornalistas, militares, prefeitos. “Destacamos ainda algumas curiosidades, acrescentamos 11 senadores que não foram citados na publicação do Senado no ano 2000, além dos que chegaram à Câmara alta do Parlamento Brasileiro a partir da eleição de 2002 quando foram eleitos José Maranhão (PMDB) e Efraim Morais (PFL)”, pontua o autor.

A publicação tem um capítulo especial com os três atuais senadores: José Maranhão eleito em 2015 pelo MDB, para o segundo mandato; Daniella Ribeiro (PP) e Veneziano Vital do Rêgo (PSB), eleitos em 2018.  “Convidamos o senador Veneziano para escrever o prefácio do livro. Ele prontamente aceitou e em pouco tempo nos enviou o texto”, diz Josélio Carneiro.

Dos 66 senadores pela Paraíba, 17 governaram o estado, antes ou depois do mandato de senador. Antonio Mariz era senador quando eleito governador em 1994. Um único senador paraibano foi presidente da República, Epitácio Pessoa. A Paraíba teve um segundo Epitácio Pessoa senador, o filho de João Pessoa.

A pesquisa mostra ainda as cidades de Campina Grande, Areia e João Pessoa como as que mais elegeram senadores. Sete senadores pela Paraíba  nasceram em outros estados. Esta situação acontecia nas primeiras décadas do Senado.

Alguns suplentes que assumiram a Senatória tiveram atuação de destaque, representaram bem a Paraíba. Dois exemplos: Roberto Cavalcanti, suplente de José Maranhão, e Raimundo Lira, suplente de Vital do Rêgo Filho. Lira assumiu a vaga quando Vitalzinho foi nomeado ministro do Tribuna de Contas da União (TCU). Esta não foi sua primeira passagem pelo Senado. O empresário cajazeirense foi senador titular entre 1987 e 1995.

“Paraíba Senadores em Cena”. O título foi sugestão da desembargadora Fátima Bezerra Cavalcanti, esposa do senador José Maranhão. “Eu havia publicado em 2016 o livro “Paraíba – Governos em Cena”, livro que traz 173 fotografias de governadores, todas elas com legendas. Prontamente agradeci à magistrada pela ideia”.

Vários senadores paraibanos ocuparam cargos importantes na Mesa Diretora do Senado. Humberto Lucena foi presidente. Os irmãos Ivandro e Ronaldo Cunha Lima assumiram a 1ª Secretaria. Cássio Cunha Lima, filho de Ronaldo e sobrinho de Ivandro, foi eleito 1º vice-presidente do Senado em 2017. Ainda integraram a Mesa em épocas distintas: Álvaro Machado, Almeida Barreto, Argemiro de Figueiredo, Marcondes Gadelha, Ruy Carneiro, Efraim Morais, dentre outros.

Diário da Paraíba com Wscom

Nenhum comentário: