Casa Branca confirma morte de líder da Al-Qaeda no Iêmen - Portal Cabuloso

Últimas

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2020

Casa Branca confirma morte de líder da Al-Qaeda no Iêmen

O Estados Unidos anunciou nesta quinta-feira (06) ter "eliminado" no Iêmen o líder do grupo extremista Al Qaeda na península arábica.

"O Estados Unidos realizou uma operação antiterrorista no Iêmen na qual conseguiu eliminar Qassem al Rimi, fundador e líder do grupo Al Qaeda na Península Arábica (AQPA)", anunciou a Casa Branca em comunicado.

A morte do líder jihadista "enfraquece ainda mais a AQPA e o movimento global da Al Qaeda e isso nos aproxima de eliminar as ameaças que esses grupos representam para nossa segurança nacional", acrescentou a Casa Branca.

Segundo o governo americano, al Rimi havia ingressado na Al Qaeda nos anos 1990, trabalhando no Afeganistão para Osama bin Laden.

O grupo Al Qaeda na Península Arábica assumiu a responsabilidade por um ataque a tiros no início de dezembro em uma base militar americana em Pensacola, Flórida, onde três pessoas morreram, de acordo com o centro americano de monitoramento de sites islâmicos (Site).

"Em um discurso em áudio de seu líder, Qasem al Rimi, a AQPA assumiu a responsabilidade pelo ataque em dezembro de 2019 na Base Aérea Naval de Pensacola", informou o Site.

Diário da Paraíba com EM

Nenhum comentário: