Seleção feminina de vôlei perde para os EUA e fica com sua primeira prata em Olimpíadas

 TÓQUIO, JAPÃO (FOLHAPRESS) - O Brasil perdeu para os Estados Unidos por 3 sets a 0 e ficou com a medalha de prata no vôlei de quadra feminino das Olimpíadas de Tóquio-2020, neste domingo (8), último dia dos Jogos.

A equipe brasileira foi dominada do começo ao fim da final. Superior, o time americano conseguiu abrir vantagem no placar em todos os três sets (parciais de 21/25, 20/25 e 14/25).

Campeã olímpica em Pequim-2008 e Londres-2012, a seleção brasileira chegou ao Japão sob desconfiança cinco anos depois do seu pior resultado em 28 anos nos Jogos: a queda nas quartas de final na edição do Rio de Janeiro.

Ainda assim, o Brasil se despede do Japão com a boa campanha de sete vitórias e apenas uma derrota, contra os EUA.

Não funcionou. As americanas mantiveram o controle total do jogo e dispararam. Em um erro de Macris, a seleção viu o placar subir para 16/9. Nada parecia dar certo. Rosamaria voltou à quadra. Pouco depois, foi a vez de Macris dar lugar a Roberta em uma troca simples. A seleção melhorou. A diferença, que chegou a ser de oito pontos, caiu para cinco. Kiraly, então, parou o jogo. O Brasil até somou mais alguns pontos e ensaiou uma reação improvável. Mas, no fim, os Estados Unidos fecharam em 25/19 em um erro de saque de Carol.

O início do terceiro set até pareceu abrir caminho para uma reação. Mas era um ritmo diferente. Em busca de seu primeiro ouro olímpico, os Estados Unidos fizeram do favoritismo uma realidade absoluta. À beira da quadra, Zé Roberto fez de tudo. Mudou as peças, gritou e tentou chamar o time. Mas havia um longo caminho a alcançar. Até o fim, as americanas mantiveram a vantagem até fechar o jogo em 25/14.Meninas do vôlei do Brasil no pódio com a medalha de prata  — Foto: REUTERS/Pilar Olivares

Meninas do vôlei do Brasil no pódio com a medalha de prata — Foto: REUTERS/Pilar Olivares

Postar um comentário

0 Comentários