Regentes Naomi Munakata e Martinho Lutero morrem com suspeita de coronavírus - Portal Cabuloso

Últimas

quinta-feira, 26 de março de 2020

Regentes Naomi Munakata e Martinho Lutero morrem com suspeita de coronavírus

Morreu nesta tarde a maestrina Naomi Munakata, que foi diagnosticada com coronavírus, aos 64 anos. Ela estava internada havia cerca de uma semana no Hospital Oswaldo Cruz com complicações pulmonares. Ela deu entrada no hospital já com muita dificuldade pra respirar e precisou ser entubada. Além do comprometimento pulmonar, Naomi também desenvolveu insuficiência renal e por isso estava em hemodiálise contínua.

Naomi Munakata foi regente do Coro da Osesp, a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, por cerca de 20 anos, e atualmente era títular do Coral Paulistano do Theatro Municipal de São Paulo.

Ontem, morreu o maestro Martinho Lutero Galati, aos 66 anos de idade, também por complicações pulmonares. Martinho Lutero tinha voltado da Itália havia duas semanas e chegou a realizar dois concertos nos dias 13 e 14 de março na comemoração dos 50 anos do Coro Luther King.

No dia 17, ele foi internado com um quadro gripal que evoluiu pra pneumonia. O primeiro teste para coronavírus deu negativo e o segundo deu positivo.

A viúva dele, Sira Milani, informou que ele teve parada cardíaca. A causa da morte divulgada foi Síndrome de Angústia Respiratória do Adulto.

Martinho Lutero foi diretor artístico do Coral Paulistano, do Theatro Municipal de São Paulo, entre 2013 e 2016.

Diário da Paraíba com CBN

Nenhum comentário: